Mundo Nerd. Filmes, séries, livros, jogos, eventos, lugares, animes, HQ's e desenhos.

claraenedino

BLOG DA CLARA ENEDINO: [Jogos] Darkest Dungeon



[Jogos] Darkest Dungeon


Oi gente! Essa semana resolvi trazer para vocês um joguinho que eu viciei um tempinho atrás. Ele não é muito conhecido, mas é muito bem feito e para quem gosta de RPG em turnos, ele é um ótimo passatempo.

Darkest Dungeon é um RPG com arte em estilo gótico e bastante desafiador, lançado em 19 de janeiro de 2016 e indicado à vários prêmios, onde o jogador lidera um bando de heróis que são particularmente imperfeitos. O jogo fica ainda mais difícil devido à mortalidade dos heróis, ou seja, quando um herói morre, ele não volta milagrosamente; ele permanece morto.


A mensagem que aparece no início do jogo já deixa tudo bem claro, não?
Tensão, horror e estresse são temas centrais em Darkest Dungeon. O objetivo principal do jogador é de recuperar a velha aldeia da família, que foi destruída por seu ancestral enquanto ele buscava poder, através de experimentos macabros. O ancestral – que é citado no jogo apenas com esse nome – fazia experiências e escavações embaixo da velha mansão da família; porém, essas escavações apenas liberaram um grande mal, conhecido no jogo como Horror Rastejante. Além disso, também foram criados vários “efeitos colaterais”, ou seja, vários monstros menores com os quais o jogador tem de lidar.

O jogo apresenta 45 objetivos, desde concluir a Masmorra Mais Escura (The Darkest Dungeon), até levar um herói de cada tipo até o nível 6, que é o nível máximo que eles podem alcançar.

Na imagem, meu registro de atividades e ao lado os "objetivos do zelador", que o jogador deve concluir.

Existem 15 tipos de heróis, alguns bem interessantes, como uma freira guerreira, ou uma médica da peste do séc. XVII, cada um com seus pontos fortes e fracos. Alguns são de longa distância, outros de corpo a corpo, alguns ainda curam ou são melhores para encontrar suprimentos. Cabe ao jogador montar equipes equilibradas e escolher as provisões adequadas para cada tipo de missão, que pode ser de reconhecimento, purificação, ou de derrotar o chefe.

Comprando provisões para a missão.

Outra coisa interessante e que deixa o jogo ainda mais difícil é o dano de estresse que os personagens sofrem durante as missões. Como a proposta do jogo é ser um pouco mais realista, o estresse pode ser causado quando a tocha se apaga, deixando a equipe no escuro, quando um dos personagens sofre dano crítico, ou até mesmo caso você tenha que andar com eles para trás. Caso a missão se torne muito estressante, os heróis podem desenvolver aflições, se tornando egoístas, abusivos, irracionais ou ficando com medo.

Os gráficos e a jogabilidade são muito bem desenvolvidos, a arte toda do jogo lembra um desenho à nanquim, e caso você jogue muito tempo (como eu), poderá perceber o cuidado que os desenvolvedores tiveram com detalhes, como as músicas que variam de acordo com a luminosidade das batalhas, e os traços de personalidade que os heróis desenvolvem ao longo do tempo.

Do lado esquerdo da imagem, minha equipe; do lado direito, o "Carne Instável", um dos chefes que derrotei.

Os calabouços que o jogador tem que explorar possuem mapas sempre variáveis, gerados aleatoriamente. Você nunca sabe o que vai acontecer a cada sala, pois o mapa não mostra as armadilhas e batalhas ao longo do caminho, a não ser que um dos heróis faça um reconhecimento. Isso causa um sentimento permanente de tensão, e até algumas surpresas. Porém, apesar do jogo ser muito bom e ter uma mecânica interessante, alguns problemas ainda são notáveis. A repetição das missões, que em teoria são diferentes, na prática são a mesma coisa: explorar salas e matar monstros. Também tem certos calabouços que só podem ser feitos com heróis de um certo nível, o que obriga o jogador a fazer várias missões de nível mais baixo para melhorar os personagens.

As lutas podem se tornar repetitivas.

Apesar dos problemas, Darkest Dungeon ainda possui mais prós do que contras, sendo um jogo divertido e bem feito. A atmosfera tensa e as combinações de vários heróis de diversas personalidades proporcionam dificuldade na medida certa, além da história interessante que incentiva o jogador a concluir os objetivos. Eu gostei muito do jogo, e ainda pretendo terminá-lo, apesar de ele ser enorme XD.

Definitivamente vale 4 estrelas <3

*Darkest Dungeon está disponível para compra na Steam.*








1 comentários:

Tecnologia do Blogger.